Rodriguinho manteve a ótima fase ao garantir a vitória do Corinthians sobre o Atlético-GO por 1 a 0, neste domingo, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador, fundamental na fase final que levou o time ao título do Campeonato Paulista, fez o gol que manteve a invencibilidade da equipe no torneio nacional, no qual passou a ocupar a vice-liderança, com sete pontos.

(Foto: Rodrigo Gazzanel / Ag. Corinthians) - Corinthians ganha mais uma e vira vice-líder

 

De um lado estava um time que conquistou sua última vitória em 9 de abril e entrava em campo pressionado por sua torcida. Do outro estava o Corinthians, campeão estadual, que entrou no Serra Dourada com uma invencibilidade de 15 jogos e uma ótima campanha como visitante no ano, com apenas uma derrota em 15 confrontos.

Com uma postura sólida, o Corinthians desde o primeiro minuto se manteve firme na defesa e quase não deixava o adversário, lanterna da competição, se aproximar de sua área. E toda vez que tinha brecha tentava atacar e exigia do goleiro Felipe boas defesas. Aos 13, por exemplo, Jô recebeu sozinho na área e chutou, mas Felipe salvou.

Mas na segunda boa oportunidade não teve jeito. Guilherme Arana tabelou com Romero e correu livre pelo lado esquerdo do ataque. Ele percebeu o deslocamento de Rodriguinho na área, tocou para o companheiro, que bateu de primeira e abriu o placar. Foi o nono gol dele na temporada, empatando com Jô na artilharia da equipe no ano.

Depois que fez o gol, os jogadores colocaram a receita de sucesso deste time alvinegro em prática. Preocupação defensiva, preenchimento dos espaços do campo e, mais importante do que marcar mais gols e não sofrer nenhum. E foi assim que o time entrou no segundo tempo, consciente de que já tinha o resultado na mão.

O técnico Marcelo Cabo mexeu na equipe, mas nada adiantou. Já Carille promoveu a estreia de Clayson, que veio da Ponte Preta. Em uma das primeiras jogadas do atleta, ele recebeu de Jô e correu o campo todo, sozinho, e chutou, mas o goleiro Felipe salvou. No lance, ele poderia ter passado para Rodriguinho, que estava livre. Mas o gol perdido não fez falta e o Corinthians ganhou mais uma no ano.

Depois de superar o Atlético-GO, o Corinthians terá como próximo rival o Santos no clássico do sábado que vem, às 19 horas, no Itaquerão, pela quarta rodada do Brasileirão. Já o Atlético-GO atuará pela competição apenas no próximo dia 5 de junho, uma segunda-feira, contra o Bahia, na Fonte Nova, em Salvador.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 0 x 1 CORINTHIANS

ATLÉTICO-GO: Felipe; Eduardo (André Castro), Ricardo Silva, Roger Carvalho e Bruno Pacheco; Marcão, Igor, Luiz Fernando (Andrigo) e Jorginho; Everaldo (Júnior Viçosa) e Walter. Técnico: Marcelo Cabo.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson (Clayson), Rodriguinho e Romero (Clayton); Jô (Kazim). Técnico: Fábio Carille.

GOL - Rodriguinho, aos 26 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Paulo H. Schleich Vollkopf (MS).

CARTÕES AMARELOS - Eduardo e Igor.

RENDA - R$ 608.820,00.

PÚBLICO - 13.712 pagantes.

LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

PRIMEBURGUER
PainiAdvogado
sagaz pequeno
jrlavajato2017
Novodr.fernandoLino

Who's Online 

Temos 67 visitantes e Nenhum membro online

redezabini
NICOLASGAZS1
CENTER FM Novo 1 direita

Rádio Qcnews

Scroll to top