O maluco roteiro da partida entre Palmeiras e Cruzeiro, nesta quarta-feira, no Allianz Parque, permite dizer que o time paulista "ganhou" um jogo por 3 a 3. A análise não é exagero para quem, em casa, pelo confronto de ida das quartas de final da Copa do Brasil, levou três gols no primeiro tempo e conseguiu diminuir o desastre na etapa final e sair aplaudido.(Foto: César Greco / Agência Palmeiras) - Palmeiras arranca empate com Cruzeiro pela Copa do Brasil

O placar de um dos jogos mais movimentados do ano no futebol brasileiro deixou o confronto em aberto para a volta, no Mineirão, no dia 26 de julho. Afinal, tanto o Cruzeiro vai confiante pelo empate fora de casa quanto o Palmeiras está fortalecido pela reação sensacional conseguida na marra.

Logo após ter conquistado três vitórias consecutivas, o Palmeiras entrou confiante em campo e saiu arrasado do primeiro tempo contra o Cruzeiro. Foram três gols em 30 minutos. Poderiam ter sido mais, pela liberdade dada a Thiago Neves para criar, a desorganização da defesa e a inércia de quem se viu em desvantagem pelo pleno domínio adversário.

Após presenciar contra-ataques em que a defesa do Palmeiras estava em menor número e ver as duas laterais como convite à mais sufoco, a torcida não se aguentou. As vaias dominaram e o técnico Cuca fez uma alteração mais para tentar fechar os espaços. Os gols de Thiago Neves, Robinho e Alisson fizeram Fabiano sair aos 30 minutos. Egídio entrou para posicionar a equipe com Zé Roberto de volante e Tchê Tchê na defesa.

A substituição não foi, como diz a comum analogia, como trocar o pneu com o carro em movimento, mas sim com o veículo desgovernado. O estrago gigante pela desorganização já deixava o time nervoso em campo e com erros triviais. Se levar gol em casa em mata-mata é sinal de alerta, levar três e ser massacrado representava tragédia.

A equipe precisava provocar no segundo tempo o mesmo estrago sofrido na etapa inicial. Pois bem, se sofreu em 30 minutos, o time resolveu tudo em 20. O time se encheu de brios ao escutar a torcida cantar "Palmeiras é o time da virada" e levou o público ao delírio com a reação fulminante.

O Palmeiras foi para cima sem medo de se arriscar. Acuado e assustado, o Cruzeiro viu a vantagem ruir sem conseguir acompanhar a velocidade, nem tirar a bola da defesa. O jogo ficou dentro da área mineira. Dudu, com dois gols, e Willian, com outro, aumentaram a esperança de uma virada.

O sonho do 4 a 3 permaneceu até o fim. Mesmo que a vitória tenha ficado perto, o Palmeiras leva como alerta o risco de que o primeiro tempo horrível pode ter custado caro no torneio.

FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 3 x 3 CRUZEIRO

PALMEIRAS - Fernando Prass; Fabiano (Egídio), Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Thiago Santos, Tchê Tchê e Guerra (Borja); Róger Guedes (Keno), Dudu e Willian. Técnico: Cuca.

CRUZEIRO - Fábio; Ezequiel, Léo, Caicedo e Diogo Barbosa; Lucas Romero (Hudson), Ariel Cabral (Henrique) e Robinho (Ábila); Thiago Neves, Alisson e Rafael Sóbis. Técnico: Mano Menezes.

GOLS - Thiago Neves, aos 6, Robinho aos 19, e Alisson, aos 30 minutos do primeiro tempo. Dudu, aos 6, aos 15, Willian aos 19 do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Romero, Rafael Sóbis, Thiago Santos, Fernando Prass, Hudson, Ábila, Willian.

ÁRBITRO - Jailson Macedo Freitas (BA).

RENDA - R$ 1.996.242,72.

PÚBLICO - 32.067 pagantes.

LOCAL - Allianz Parque, em São Paulo (SP).VV

Um dos maiores críticos da atual gestão da CBF, o senador Romário (Podemos-RJ) revelou nesta terça-feira que poderá se candidatar à presidência da CBF. O ex-jogador confirmou esta possibilidade ao comentar a punição aplicada a Marco Polo Del Nero, que teve de afastar do comando da entidade nacional após a Fifa suspendê-lo, na última sexta-feira, por 90 dias de qualquer atividade ligada ao futebol.

Grande nome do tetracampeonato mundial conquistado pela seleção brasileira na Copa de 1994, o ex-atacante revelou a chance de se candidatar à presidência da CBF por meio de uma publicação em sua rede social Instagram, ilustrada com a frase "Um presidente para a CBF" à frente de uma foto da sede da entidade. No post, ele também ressaltou que hoje "não existe democracia na CBF" e apontou que o atual estatuto do organismo "protege os corruptos".

(Foto: Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados) - Após punição a Del Nero, Romário diz que pode se candidatar

"Depois que a Fifa suspendeu o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, de qualquer atividade relacionada ao futebol em nível nacional e internacional, existe uma pergunta no ar: quem será o próximo presidente da CBF? A resposta correta é dizer que será um daqueles vices viciados e corruptos, que fazem parte do sistema instalado por Havelange, mantido por Teixeira e todos os outros que os sucederam", afirmou Romário, ao iniciar a sua publicação desta terça.

Em seguida, ele ressaltou: "Mas qual seria a resposta ideal? Nossa utopia é ver alguém que ama futebol naquele cargo. Hoje está um que ama dinheiro e é capaz de matar o futebol para obtê-lo. E o fez nos últimos anos, vulgo o 7 a 1 (na semifinal da Copa de 2014, contra a Alemanha). O futebol brasileiro chegou ao fundo do poço em termos de vergonha. Não bastassem os vexames em campo, pela falta de renovação, passamos vergonha internacionalmente por ver os gestores do futebol presos ou indiciados".

Romário, entretanto, deixou claro que não apenas seguirá criticando os atuais dirigentes da CBF, mas sim possui ambição de poder comandar a entidade.

"Muitos me perguntam se eu sou candidato, afinal, ninguém mais lutou tão vigorosamente contra essa quadrilha e é legítimo que eu me candidate. Então, sim, a resposta é posso sim vir a ser candidato. Tenho todos os pré-requisitos para isso. Toda minha contribuição para o futebol, dentro e fora de campo, são as minhas credenciais. Hoje a CBF gasta mais com luxo de dirigente do que com investimento no futebol em si. Além dos roubos comprovados pela CPI, como compra de sede superfaturada e contratos de patrocínios fraudulentos", atacou.

Depois, ao finalizar a sua publicação, Romário já falou como um candidato ao enumerar possíveis medidas que pretende promover caso consiga ser eleito presidente da CBF.

"Temos que fechar essa torneira de corrupção e investir nos jovens atletas, voltar o esporte um pouco para o social, investir no futebol de base e no futebol feminino. O esporte tem um poder transformador e, aliado a isso, junto com as federações, os clubes, os atletas e os torcedores, promover um futebol bom pra todos. Mas da forma como está o estatuto hoje, ninguém de fora da estrutura pode ser candidato. Não existe democracia na CBF. Os corruptos se protegem", escreveu.

Por fim, Romário destacou: "Já lancei o movimento por Diretas Já na CBF. Agora clamo a todos que amam o futebol e estão cansados de tanta sacanagem a se juntar a mim nessa causa. Jogadores, ex-jogadores, técnicos, clubes, empresários e até presidentes de federação que queiram a mudança. Vamos juntos!".

O técnico Roger Machado não resistiu à sexta partida sem vencer no Campeonato Brasileiro e pediu o desligamento do Grêmio. Após a derrota para a Ponte Preta, nesta quarta-feira, o presidente do clube, Romildo Bolzan Júnior, anunciou a demissão do comandante e afirmou que era cedo para tratar de novos nomes.

Tricolor troca de técnico depois de mais um ano (Foto: Rodrigo Rodrigues/ GFBPA)

“Roger afirmou que não conseguiria tirar mais do elenco que tinha em mãos e pediu para deixar o cargo. No meu entendimento, eu não queria aceitar, mas a demissão tinha caráter irrevogável”, comentou o dirigente. “Ele deixa o clube em uma posição muito digna de um homem que teve a habilidade de reavaliar um contexto que eu talvez não teria percebido”, completou.

A pressão sobre o treinador de 41 anos vinha só aumentando, principalmente pelos 31 dias sem vencer, e pelo fato de a equipe ter se distanciado dos líderes da Série A. Após o resultado desta noite, o time de Porto Alegre se manteve no meio da tabela, com 37 pontos.

À frente do Tricolor por 94 jogos, desde maio de 2015, Roger levou o time ao terceiro lugar da última edição do Brasileirão e chegou até as oitavas de final da Copa libertadores 2016. Em toda a passagem, ele obteve um aproveitamento de 58%, com 48 vitórias, 22 empates e 24 derrotas.

O Atlético Paranaense embarcou para a Argentina, onde enfrenta nesta quarta-feira o San Lorenzo, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores da América sem o meia Carlos Alberto, vetado pelo departamento médico. Em compensação, o atacante Grafite está de volta após cumprir suspensão e garante estar pronto para recuperar seu lugar no time e efetivamente entrar na competição.

“Estou contente por poder voltar ao grupo. Treinei durante a semana e estou motivado para ajudar a equipe e começar a fase de grupos para mim”, afirmou o jogador, que conhece bem a competição de sua passagem pelo São Paulo. “É sempre bom jogar uma Libertadores, ainda mais depois de tanto tempo”, completou.

Grafite não joga na Argentina desde 2005, ano em que foi campeão, e prevê algumas dificuldades em Buenos Aires. “Depois de 12 anos, retorno à Argentina. Sabemos que será um jogo complicado, até pelos resultados das duas equipes na primeira rodada. O torcedor argentino apoia muito, mas temos que fazer o nosso jogo. Vamos com muita determinação tática e tentar ficar o máximo de tempo com a bola”, projetou.

O atacante rubro-negro relembrou as classificações fora de casa e mostra confiança em uma boa apresentação como visitante, agora contra o San Lorenzo. “Fizemos dois grandes jogos, contra o Millonarios e o Capiatá. Obtivemos os resultados que buscávamos. A equipe se portou bem e tivemos boas atuações. Temos que tirar as coisas boas destes dois jogos e levar ao gramado contra o San Lorenzo”, concluiu.

Fernando Prass será operado nesta quarta-feira. Com uma fratura no cotovelo direito, o goleiro passou por novos exames médicos nesta segunda-feira, sob acompanhamento do Palmeiras, e definiu-se que a cirurgia ocorrerá já nesta quarta. Com tempo de recuperação esperado de quatro meses, o atleta não deve mais atuar nesta temporada.

(Foto: Fernando Dantas/GazetaPress)

A lesão correu durante os treinamentos da equipe comandada pelo técnico Rogério Micale, na Granja Comary. No sábado, a Seleção realizou um amistoso contra o Japão, em Goiânia e, apesar de poupado do confronto, o goleiro participou do trabalho de aquecimento no gramado, mas acabou sentindo novamente o problema.

Após a partida, no estádio Serra Dourada, o goleiro passou por exames médicos em um hospital da capital goiana. Pouco depois, a CBF confirmou a fratura e, por consequência, seu corte da Seleção Brasileira olímpica. O local que acusou lesão é o mesmo que o goleiro do Palmeiras operou em 2014.

Através de sua conta oficial no Facebook, o goleiro já havia lamentado que o sonho de defender a camisa da Seleção Brasileira nas Olimpíadas foi interrompido devido à contusão, mas ressaltou a determinação para voltar forte e conseguir novas convocações no futuro.

“Me empenhei muito para realizar o sonho de ser jogador da Seleção Brasileira. Mas infelizmente, não será dessa vez. O exame realizado hoje apontou uma fratura no cotovelo e não poderei disputar a Olimpíada. Vou me cuidar e voltar ainda mais forte para defender o Palmeiras e quem sabe a Seleção novamente. Agradeço a torcida e o carinho de todos! ”, publicou Prass.

Campeã da Copa das Confederações no último domingo, a seleção da Alemanha recuperou a primeira posição no ranking da Fifa, na atualização de julho da lista, divulgada nesta quinta-feira. Assim, destronou o Brasil, que vinha ocupando a liderança da relação desde abril.

(Foto: Site Oficial Fifa) - Alemanha ultrapassa Brasil e assume a liderança do ranking da Fifa

Atual campeã do mundo, a Alemanha optou por levar à Rússia uma equipe sem os seus principais jogadores, apostando em novatos na Copa das Confederações. Ainda assim, conseguiu faturar o título do evento-teste para a Copa do Mundo de 2018 e pulou da terceira para a primeira posição no ranking, com 1.609 pontos.

A Alemanha tem apenas seis pontos a mais do que a seleção brasileira, que soma 1.603, em segundo lugar. No último mês, a equipe disputou dois amistosos e sofreu a sua primeira derrota sob o comando de Tite ao perder para a Argentina por 1 a 0 - no outro compromisso, goleou a Austrália por 4 a 0.

Algoz da seleção brasileira, a Argentina agora é a terceira colocada, com 1.413 pontos, depois de também triunfar em um amistoso em junho contra a seleção de Cingapura. Atual campeã da Eurocopa, a seleção portuguesa ascendeu quatro posições no ranking da Fifa e agora está em quarto lugar com 1.332 pontos após terminar a Copa das Confederações em terceiro.

Após superar a seleção das Ilhas Faroe e manter 100% de aproveitamento nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2018, a Suíça também subiu quatro postos e agora está na quinta posição, com 1.329 pontos. Logo atrás e com a mesma ascensão está a Polônia, que também segue invicta nas Eliminatórias e agora atingiu o sexto lugar com 1.319 pontos.

Vice-campeão da Copa das Confederações, o Chile perdeu três posições nesta atualização do ranking da Fifa e está na sétima posição. Colômbia, França e Bélgica completam em ordem a relação dos dez primeiros colocado do ranking, ainda que todas tenham caído três postos. Elas são seguidas por três campeãs mundiais - Espanha, Itália e Inglaterra.

Outras equipes que perderam posições após a participação na Copa das Confederações foram Camarões, que caiu ao número 36 do mundo, e a Nova Zelândia, a 122ª colocada. O México, que ficou em quarto lugar, atingiu a 16ª posição. A anfitriã Rússia subiu para o 62º lugar e a Austrália atingiu a 45ª colocação.

O Irã encabeça as seleções asiáticas, na 23ª posição, uma à frente da melhor equipe da África, o Egito, que perdeu quatro postos nesta atualização da lista.

O ranking da Fifa avalia os resultados das seleções nacionais em um ciclo de quatro anos e terá importância para a definição dos cabeças de chave da Copa do Mundo de 2018, que terá o seu sorteio realizado em 1º de dezembro, em Moscou.

Confira os 20 primeiros colocados do ranking da Fifa:

1º - Alemanha, 1.609 pontos

2º - Brasil, 1.603

3º - Argentina, 1.413

4º - Portugal, 1.332

5º - Suíça, 1.329

6º - Polônia, 1.319

7º - Chile, 1.250

8º - Colômbia, 1.208

9º - França, 1.199

10º - Bélgica, 1.194

11º - Espanha, 1.114

12º - Itália, 1.059

13º - Inglaterra, 1.051

14º - Peru, 1.014

15º - Croácia, 1.007

16º - México, 1.003

17º - Uruguai, 995

18º - Suécia, 933

19º - Islândia, 927

20º - País de Gales, 922

PRADO PANIFICADORA
PainiAdvogado
sagaz pequeno
FERNANDO LINO
JR Lava Jato
PRIME2
DEPOSITO JAPURA lateral

Who's Online 

Temos 55 visitantes e Nenhum membro online

redezabini
Restaurante do toninho
NICOLASGAZS1
novo 4
Novo 5

Rádio Qcnews

Scroll to top