A informação foi prestada na manhã desta sexta-feira (18 de agosto) ao presidente do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), conselheiro Durval Amaral, pelo ministro Vital do Rêgo, que é o responsável pela unidade do TCU no Paraná: a Secretaria de Controle Externo (Secex-PR).

O Tribunal de Contas da União (TCU) está iniciando ações para que não sejam prorrogados os contratos de concessão de pedágio nas rodoviais federais do Paraná, que vencem em 2021. A informação foi prestada na manhã desta sexta-feira (18 de agosto) ao presidente do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), conselheiro Durval Amaral, pelo ministro Vital do Rêgo, que é o responsável pela unidade do TCU no Paraná: a Secretaria de Controle Externo (Secex-PR).

 

No encontro realizado na Presidência do TCE-PR, em Curitiba, Vital do Rêgo destacou o trabalho que já foi realizado pelo TCE-PR nessa área, com auditorias em duas concessionárias, que apontaram valor excessivo da tarifa de pedágio. Durval informou ao ministro do TCU que a questão do pedágio será objeto de análise da corte de contas paranaense no próximo ano, já que em 2017  as ações principais estão voltadas às áreas do sistema prisional e do ensino superior; e à fiscalização in loco em 100 municípios paranaenses.

PRADO PANIFICADORA
PainiAdvogado
FERNANDO LINO
JR Lava Jato
PRIME2
DEPOSITO JAPURA lateral

Who's Online 

Temos 80 visitantes e Nenhum membro online

redezabini
Restaurante do toninho
NICOLASGAZS1
novo 4
Novo 5

Rádio Qcnews

Scroll to top